De um encontro inesperado e muitos quilômetros percorridos nasceu “Alvo”, nova música de Viktor Murer em parceria com Jota Z.

A dupla se conheceu em um evento no Rio de Janeiro, onde tocou no ano passado com a Trankera, banda da qual fazia parte. Jota também se apresentou na ocasião, com o Lajebond, coletivo de rap o qual integra. “Após os shows, trocamos ideias e o santo bateu. Desde então passamos a acompanhar a carreira um do outro virtualmente”, explica Viktor.

E “Alvo” foi fruto do reencontro dos artistas, em julho deste ano. “O Jota me disse que conseguiria vir para São Paulo, mas não tinha data definida. Então sugeri que viesse no final de semana do meu show com Keops&Raony, para fazer um som com a gente”, relembra Murer. “Ele adorou a ideia, e pegou o ônibus às 19h da sexta-feira em Campos (dos Goytacazes).” 700 quilômetros depois estava Jota, às 6h da manhã, na rodoviária da capital. “Foi o tempo de buscar ele lá, tomarmos um café e irmos para a passagem de som.”

No dia seguinte, os dois se sentiram naturalmente inspirados a compor juntos. “Acordamos e começamos a tocar. O Jota mandou uma sequência de acordes e eu comecei a improvisar a letra e a melodia”, conta. O arranjo e os versos essenciais de “Alvo” foram escritos naquele momento, sem qualquer grande pretensão. Um alívio que Murer tenha se lembrado de um importante detalhe: gravar o áudio no celular.

O documento foi levado para o Cavalo Estúdio, onde o duo trabalhou por volta de cinco horas para alcançar o que desejavam. O resultado é uma melodia suave que retrata de forma poética as consequências de ações de pessoas próximas em relações e no ambiente.  “Aquela história que acontece quando alguém não se coloca tanto no lugar do outro”, diz Viktor.

Ouça “Alvo” abaixo:

Categorias: Notícias